>

Terço São Vicente de Paulo

Como rezar o Terço de São Vicente de Paulo

Se possível, procure um lugar tranquilo, com uma imagem de São Vicente de Paulo. Acenda uma vela, símbolo da fé e tenha um terço.

No crucifixo: Sinal da cruz e Credo
Na primeira conta grande: Pai Nosso
Nas três primeiras contas pequenas: Ave-Maria
Na segunda conta grande: Glória

Fazer o pedido

Primeiro Mistério
No Primeiro Mistério contemplamos a família cristã de São Vicente de Paulo. Catequisado pela mãe, ele se tornou um dos maiores santos da Igreja e sua obra transformou a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Pedimos a graça de valorizar a formação cristã dentro de nossas famílias.

Na conta grande:
Pai Nosso

Em todas as contas pequenas:
São Vicente de Paulo, apóstolo da caridade,
Ensina-nos a amar o próximo, pois ele é Jesus, de verdade.

Glória ao Pai…

Segundo Mistério
No Segundo Mistério contemplamos a vocação sacerdotal deSão Vicente de Paulo, sendo exemplo de humildade e caridade. E pedimos a graça de vivermos essas duas virtudes, para que Deus seja glorificado por nossas obras.

Terceiro Mistério
No Terceiro Mistério contemplamos os oito anos de escravidão vividos por São Vicente de Paulo, mantendo-se firma na fé, na oração e no perdão. Tanto que, por seu exemplo e piedade, foi libertado, libertando também seu ex-dono de uma vida de pecado. E pedimos a graça de suportarmos as adversidades da vida com fé, esperança, gratidão e louvor a Deus.

Quarto Mistério
No Quarto Mistério contemplamos a retomada do ministério sacerdotalde São Vicente de Paulo,servindo na corte dos poderosos e vivendo a caridade entre os pobres. E pedimos a graça de viver a caridade e o amor em todos os ambientes por onde passarmos.

Quinto Mistério
No Quinto Mistério contemplamos todas as obras de caridade criadas e inspiradas por São Vicente de Paulo. E pedimos a graça de sempre enxergar nos mais necessitados a própria pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Salve Rainha

Oração a São Vicente de Paulo
“São Vicente, que tanto vos compadecestes dos pobres, eu vos peço, olhai para mim! Sou pobre. Estou passando necessidades. O dinheiro é curto e nunca chega para comprar tudo o que necessito. São Vicente! Sou pobre, mas tenho fé! Há gente mais pobre do que eu: são aqueles que não têm fé; porque esses têm a alma vazia. São Vicente, conservai minha riqueza, que é a fé; mas eu vos peço, aliviai também a minha pobreza. Ajudai-me a adquirir ao menos o necessário para me alimentar bem, para me vestir honestamente, comprar os remédios que preciso, as forças necessárias para fazer bem os meus trabalhos, cumprir as minhas obrigações e, assim, poder ser útil à minha família e a todos os que precisarem de minha ajuda. Assim seja.”

Contribua com as obras da Matriz faça sua doação na secretaria ou depósito - Bradesco Ag. 1546 C/c. 3708-7